Novos incentivos

Confira nossos novos incentivos

4 dicas essenciais para elaborar um bom Plano de Marketing

Plano de Marketing com Vitor Peçanha
Dicas para elaborar um bom plano de marketing com Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content

Para tudo (ou quase tudo) na vida traçamos planos e metas. Por meio deles, criamos estratégias e definimos o caminho que vamos percorrer para alcançar nossos objetivos. No marketing digital não é diferente. Saber como elaborar um plano de marketing é fundamental para que cada passo seja dado de uma maneira mais assertiva.

Mas, antes de explicar as práticas que sustentam um bom planejamento, vamos entender o que é um plano de marketing e qual a importância dele para alavancar seu negócio.

Ouça a entrevista por completo com Vitor Peçanha



Mas, o que é um Plano de Marketing?

O plano de marketing trata-se de um documento escrito que vai detalhar como a sua empresa irá atuar no mercado. Ele pode ser construído para ações voltadas a um produto específico, a uma linha de produtos ou a um serviço. É por meio desse plano que sua equipe terá um norte de como atingir resultados, sejam eles aumento das vendas, reconhecimento de marca ou captação de clientes.

São diversas as vantagens de se criar um planejamento das suas estratégias de marketing, dentre elas estão: 

  • Colaborar para ações e campanhas; 
  • Ajudar a identificar oportunidades e tendências de mercado; 
  • Passar de forma mais clara a missão, a visão e os valores do negócio; 
  • Se diferenciar da concorrência;Conquistar o consumidor, etc. 
  • É comum que algumas empresas e profissionais cometam erros na hora de elaborar suas estratégias. 

Por isso, o Aprenda Play foi atrás de quem realmente entende do assunto para passar algumas dicas e informações básicas sobre como montar um planejamento de sucesso. 

Dicas do Peçanha para um bom plano de marketing


Entrevistamos ninguém menos que Vitor Peçanha, CEO e co-fundador da Rock Content, a maior empresa de marketing de conteúdo do país. A seguir você confere considerações baseadas nos principais pontos elencados por ele.


Entenda a diferença entre tática e estratégia

O primeiro e principal equívoco apontado por Peçanha na hora de levar uma ideia adiante é justamente não elaborar uma estratégia. Este erro se repete bastante, especialmente quando se trata de marketing de conteúdo. Muitos profissionais confundem tática com estratégia.

A estratégia funciona basicamente como um guia. Ela mostra onde você está e a melhor forma de se chegar a outra posição. A tática já é a forma mais prática. É a ação que será tomada. Ou seja, enquanto a estratégia é a organização, é o que fazer, a tática é a habilidade, o como fazer.

Imagine que você queira criar um blog para sua empresa, para atrair pessoas com a publicação de conteúdo, através de tráfego orgânico e social, com o objetivo de converter uma determinada porcentagem em vendas.

Neste caso, o blog em si é a tática. A estratégia é o conteúdo e a atração de pessoas, para que o objetivo final (vendas) seja alcançado.

É preciso que fique claro que a estratégia responde o porquê de fazer algo e onde você quer chegar. A forma como se conduz esse percurso é direcionada pela tática. Com isso em mente, vamos para a próxima consideração.

Escolha o meio que melhor se aplica ao seu negócio

Você já deve ter se questionado: “Devo investir somente em marketing digital?”. Porém, antes de responder a essa pergunta, pense por qual o momento sua empresa está passando atualmente. O marketing offline, tradicional, faz sentido para o seu negócio agora?

Segundo Peçanha, mais do que optar pelo meio, é preciso analisar se a empresa tem recursos e capacidade necessários para atuar online e/ou offline. O SEO defende o uso de canais que, de fato, estejam alinhados com a realidade e os objetivos do negócio.

“A vantagem do digital para quem tem menos recursos é que você consegue resultados mais assertivos”, afirma o co-fundador da Rock Content.

Ou seja, não existem ferramentas e canais certos ou errados. Existem capacidades, necessidades e recursos adequados para cada ação e estratégia elaborada.

Crie conteúdos de destaque

Com tanta informação disponibilizada diariamente na internet, fazer com que seu negócio seja visto tem se tornado uma tarefa cada vez mais desafiadora para quem trabalha com marketing digital. Ainda mais se levarmos em conta que, a cada momento, surgem novos filtros e algoritmos que organizam a quantidade de conteúdo que é produzida e visualizada na web.

Uma prática ainda pouco explorada e quem vem apresentando resultados positivos é a segmentação de conteúdo. É comum para quem está ingressando no marketing digital querer falar para a massa que compõe a internet. O problema é justamente esse, são milhões de vozes querendo ser ouvidas por milhões de usuários ao mesmo tempo. A consequência disso? Sua empresa acaba falando para um vazio.

Para chegar mais perto do seu público, Peçanha sugere a criação de materiais segmentados, capazes de atingir nichos específicos, que não estão sendo supridos com conteúdo. A mentalidade de alcançar a maior audiência tem deixado uma grande parcela de lado, carente de conteúdo relevante. Pesquise, explore mais o seu público, seus hábitos, gostos, preferências e comportamento. Entenda como os filtros funcionam e use-os a seu favor. Assim, sua empresa passará a ganhar a atração e a audiência desejadas para, só então, atingir mercados de maior volume.

Saiba definir suas métricas

Quem lida com marketing digital já está acostumado com as chamadas métricas. Elas são um sistema de mensuração que permite quantificar, por exemplo, uma tendência ou variável de negócio. É por meio das métricas que medimos e avaliamos o desempenho de uma ação. Por isso, elas precisam ser bem construídas dentro do plano de marketing.

Para entender melhor, vamos voltar ao exemplo do blog. Se você optou por criar uma página com a finalidade de distribuir conteúdo, suas métricas precisam estar relacionadas ao sucesso desse blog. Neste caso, podemos listar como métricas o número de posts, o número de usuários únicos, as taxas de conversão e de rejeição e o tráfego por canal.

Esses indicadores auxiliam na mensuração dos resultados, no acompanhamento dos processos e na gestão do sucesso das suas estratégias. Afinal, como saber o retorno do seu investimento? Quantas vendas foram fechadas? Quantos leads foram convertidos? Indicadores trazem dados concretos e colaboram para um crescimento sustentável.

Seu blog pode ser uma porta de entrada para a geração de negócios, mas se você não se concentrar nas métricas certas, não terá a resposta que precisa nas suas ações.

Conclusão

Vimos aqui, com base em algumas informações do CEO e co-fundador da Rock Content Vitor Peçanha, que elaborar um plano de marketing requer práticas cautelosas e bem amarradas. A missão, a visão e os valores da sua empresa precisam estar muito claros para toda a equipe. Eles são a base do planejamento que vai guiar seu produto ou serviço pela jornada das ações escolhidas.

Seu time precisa estar envolvido e ser capaz de compreender cada etapa e cada estratégia definida. Por isso a importância de se ter o plano de marketing documentado. Entretanto, com o avanço de cada passo, seu planejamento precisa ser revisado e atualizado. Isto é parte da mensuração dos resultados. É onde você enxerga o que deu certo e o que deu errado.

O plano de marketing não é algo estático. O que a maioria dos empresários busca com ações de marketing? Vendas, não é mesmo? E este mundo é altamente dinâmico, novas tendências e comportamentos surgem a cada instante e os filtros e algoritmos dos buscadores estão em constante mudança.

Além do investimento mais baixo, o marketing digital possibilita que as ações sejam testadas de diversas formas. Lembra do seu blog? Então, você pode transformar o conteúdo escrito em vídeo e postar nas redes sociais. Isto deve estar no seu planejamento, seja na fase inicial, de elaboração, ou durante uma atualização. Nunca deixe de testar novas possibilidades e ferramentas que você considera importante para sua estratégia e lembre-se sempre de documentá-las.

Procure estar onde seu concorrente ainda não chegou. Encante seu público! Fale para nichos específicos e garanta a audiência daqueles que foram esquecidos pelas massas na internet. Crie conteúdo educativos, relevantes e segmentados.

Com o caminho traçado e as ações focadas nos objetivos, não se esqueça de analisar seus dados e indicadores. Eles são a chave para abrir as portas do sucesso dos processos que você definiu.

Essas foram algumas considerações básicas sobre plano de marketing que você deve levar em conta na hora de estruturar suas estratégias de marketing. E se você quiser conferir na íntegra a entrevista do Peçanha e tudo o que ele disse a respeito de marketing digital, acesse nosso canal no Youtube!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre em contato

Envie-nos uma mensagem

Seu nome


Sua mensagem*